Escola Lumiar Internacional

O que é sociocracia?

Sociocracia é um modo de tomada de decisão no qual as decisões da roda são tomadas considerando a opinião de todos.
A sociocracia procura a melhor decisão para o grupo. Para uma decisão ser tomada todos devem consentir. Se alguma pessoa tiver uma objeção sobre o assunto, deve falar seus argumentos.
Na sociocracia não são os votos de todos que ganham, a partir dos argumentos chegamos a uma decisão final.

Sobre a Lumiar

A missão da Lumiar é criar uma nova forma de educação que permite a autonomia, educação integral, acesso a fontes especializadas e que reproduza na escola a vivência do mundo real. As escolas Lumiar estão presentes em nove locais no Brasil e no mundo, e elas oferecem educação infantil e fundamental. Nossa metodologia está sendo implementada em outros ciclos educacionais, e em breve ofereceremos ensino médio e MBAs modernos, que respondem às demandas atuais e à necessidade de uma nova educação.

A metodologia Lumiar foi criada há 15 anos por um grupo de educadores de vanguarda, que a desenvolveram como uma iniciativa que pretende transformar a educação no mundo. A primeira escola nasceu na cidade de São Paulo, e hoje o método está presente em mais 10 escolas, públicas e privadas, entre Brasil, Estados Unidos, Inglaterra e Holanda.

O método Lumiar é original no sentido de que propõe e pratica, de maneira inédita, o conceito de aprendizado com base em projetos, como instrumento de inter-relação de alunos e a procura de seus interesses reais. O conhecimento é estruturado por meio da identificação das competências e habilidades, incluindo o que se chama de “disciplinas” ou “matérias escolares” dentro dos projetos, módulos de aprendizagem, oficinas e outras
dinâmicas. A cada projeto, esse aprendizado vai contemplando as competências e áreas do conhecimento com as quais se relaciona, como matemática, física, geopolítica, geografia, química, línguas, etc.

 

Sobre o projeto

Projeto S.E.R

Esse projeto foi bem legal, S.E.R (Sociocracia, Ecovilas e Reuniões)
O projeto durou 2 bimestres (4 meses) e foi sobre sociocracia. Nele nós aprendemos o básico sobre sociocracia, fizemos reuniões, e aprendemos bastante coisa.


No projeto a gente fazia assim: primeiro nós fazíamos uma meditação guiada por um dos estudantes, depois havia uma partilha falando como nós estávamos nos sentindo, depois ficávamos uns 20 minutos aprendendo sobre sociocracia, ecovilas e outras coisas do tipo, depois nós fazíamos uma roda sociocrática (também por algum estudante facilitando) discutindo assuntos sobre um congresso que nós estamos fazendo. Para finalizar, nós realizávamos um checkout falando como nós estávamos nos sentindo no final do encontro.

Os objetivos do projeto são: Falar mais profundamente sobre si, ter mais clareza sobre seus sentimentos e suas necessidades, partilhar idéias, emoções, impressões e considerações, desenvolver o senso de auto-responsabilidade e buscar uma comunicação não-violenta.

Depoimentos

Segundo o estudante Bernardo e Caíque, a sociocracia é difícil por conta de todos não poderem falar quando querem. Mas no decorrer do projeto perceberam que a decisão fica muito mais clara.

v
“Eu achava MUITO difícil não poder falar quando eu quero.”
Bernardo Falsetti S. Ardissone
v
“No começo pareceu ser chato, mas decidi dar uma chance. Agora eu acho a sociocracia muito legal.”
Caique F. Alves Claro
Já a opinião dos estudantes Frederik e Luiz, depois de terem conhecido essa forma de tomada de decisão, foi que todos são ouvidos.
v
“Acho uma tomada de decisão muito boa, por conta dela ter um cuidado de ouvir a opinião de todos”
Frederik Durand Kedor
v
“Não tem a maioria vence, todos ganham, só finaliza quando todos consentem, e todos ficam felizes”
Luiz Otávio P. Costa Coelho
Perguntamos para os estudantes se a sociocracia é melhor ou pior que a democracia.
v
“É mais difícil que a democracia, mas a decisão fica mais clara.”
Ian meneghini Wagner
v
“Melhor, porque ouve a opinião de todos.”
Maria Eduarda Ferreira

No decorrer do projeto, percebemos que a sociocracia é mais que uma forma de tomada de decisão, é uma maneira de socialização onde toda comunidade consente com a proposta.

 

 

Sobre os autores:

Estudantes do Fundamental 3 (entre 12 e 14 anos) da Escola Lumiar Internacional em Santo Antônio do Pinhal.

 

Descubra mais sobre a Lumiar: 

Outros Estudos de Caso
Case É de lei

Case É de lei

A consultora Tanya Stergiou relata as dificuldades e facilidades que encontrou no projeto de implementaçção de Sociocracia na compania É de lei. O É de Lei é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos que atua desde 1998 na promoção da redução de danos...

ler mais
Case Tribo

Case Tribo

Gravação do webnário de apresentação do case de adotação da Sociocracia pela sua empresa a Tribo realizado em 17/out com Pedro Nacimento. Para quem não conhece a Tribo trabalha transformações na cultura das organizações por meio do propósito. Ela faz parte do grupo...

ler mais
Aprendendo Sociocracia com as ONGs

Aprendendo Sociocracia com as ONGs

Convidamos as organizações da sociedade civil e todas as pessoas interessadas em modelos de gestão horizontais a participar de um gostoso bate-papo online sobre Sociocracia. Contaremos com a participação especial de profissionais que já estão praticando esta...

ler mais
Céu do Mapiá

Céu do Mapiá

A Comunidade emergiu com o propósito de concretizar o desenvolvimento humano e espiritual em um sistema de vida comunitário justo e sustentável, em harmonia e nutrido pela Floresta. Seu povo e sua cultura são direta e fortemente enraizados nos modos de vida tradicionais da floresta amazônica. A Vila Céu do Mapiá localiza-se no estado do Amazonas, no município de Pauini, a 30 km do Rio Purus, na Floresta Nacional Purus, área de 256.000ha. A comunidade é uma espécie de “capital” do lugar, mesmo assim o acesso só é possível por via fluvial.

ler mais